Despedido sem aviso prévio, médico atende seus pacientes da rede pública na calçada

Algumas coisas que acontecem em nossas vidas realmente nos surpreendem. Em um momento, estamos seguros com nossos relacionamentos, empregos, saúde e no outro tudo muda, e nos vemos forçados a lidar com algumas situações que fogem ao nosso controle. Esse pode ser um momento de dificuldades ou de superação, depende de como nós olhamos para a situação.

Quando nos encontramos nesses momentos, precisamos pensar em nós mesmos, mas também nas pessoas ao nosso redor, que de alguma maneira dependem de nós. Devemos buscar ser mais fortes por nós e por aqueles com os quais temos algum vínculo. Muitas vezes, o senso de responsabilidade deve vir à frente da tristeza ou decepção, principalmente no cenário profissional.

Esse é o caso da história que contaremos hoje. Um médico se viu em uma situação muito complicada, mas ainda assim manteve o compromisso com os seus pacientes, em uma atitude que rapidamente se espalhou pela internet e mostrou que o compromisso com a profissão é sempre presente, independente de se ter trabalho ou não.

Rodrigo Ferreira Gomes é médico clínico-geral e de saúde da família. Ele trabalhava no Hospital Maternidade João Ferreira Gomes, no bairro Padre Lima, em Itapajé. Em um dia normal de trabalho, como conta a matéria publicada no jornal O Povo, assim que chegou ao hospital, recebeu a notícia que havia sido demitido, sem aviso prévio, nem satisfações.Um dos usuários do posto disse: “Quando ele chegou ao hospital hoje pela manhã, um pouco atrasado, já havia médicos de uma cooperativa substituindo ele e outro médico, que foi retirado da função de direção clínica devido a questões políticas, por não apoiar o candidato do prefeito. O Dr. Rodrigo foi informado pela direção que estava exonerado.” De acordo com informações posteriormente apuradas, a demissão ocorreu devido a mudança da direção clínica da unidade hospitalar.Mesmo surpreso com a demissão inesperada, ele observou que havia uma fila de pacientes a sua espera, e sabia que não podia deixá-los sem atendimento:

“Meus pacientes estavam me esperando e eu avisei para eles que tinham me demitido, mas que aguardassem pois eu ia atender a todos. Voltei em casa e peguei uma mesa e cadeira”, disse.

Dr. Rodrigo colocou a mesa e cadeira na calçada ao lado do hospital e atendeu todos os que vieram a sua procura.

Muitos pacientes se sentiram emocionados com a atitude do médico, e de fato é uma atitude louvável, mesmo em meio a uma notícia completamente negativa, Dr. Rodrigo se mostrou como um verdadeiro médico, colocado s seus pacientes acima de seus problemas pessoais.

Loading...