Você sabia que o homem mais rico do mundo é também campeão em doações?

Em 2012, de todos os casos de polimielite (paralisia infantil) do mundo, metade deles aconteceu na Nigéria. Os sistemas de saúde do país enfrentavam enormes dificuldades quando, em 2014, o governo japonês resolveu intervir e ajudar a Nigéria.

Com o auxílio do Japão, a Nigéria conseguiu estruturar-se a ponto de, em 2017, não registrar nenhum caso da doença. Entretanto, o apoio financeiro oferecido pelo Japão fez o país africano contabilizar uma dívida de mais de 70 milhões de dólares (algo em torno de 220 milhões de reais).

O prazo para o pagamento da dívida estava por vencer e a Nigéria não possuía os recursos necessários para quitá-la. Foi quando o fundador da Microsoft, Bill Gates, anunciou que assumiria a dívida através de sua fundação filantrópica.

A Bill & Melinda Foundation, fundada por Bill e Melinda Gates, sua esposa, é considerada a maior entidade filantrópica privada do mundo. De acordo com o jornal The Guardian, a fundação investe aproximadamente 3 bilhões de dólares a cada ano, em projetos de assistência social.

A ajuda não poderia ter vindo em um momento mais propício. À ocasião, a Nigéria atravessava um dos piores momentos econômicos de sua história. Mas o país fez por merecer. A Bill & Melinda Gates Foundation havia prometido que arcaria com a dívida apenas se a Nigéria conseguisse, durante o período proposto, alcançar um índice de efetividade de, pelo menos, 80%.

Felizmente, os esforços do país, que alcançou os 100% de efetividade no ano de 2017, foram devidamente reconhecidos. Assim, com uma doação de mais de 220 milhões de reais, Bill Gates e sua esposa deram provas de que os grandes nomes do setor privado possuem uma consciência social capaz de transformar o mundo em um lugar melhor.

Loading...